Alimentação infantil

Um assunto muito importante a ser tratado é a alimentação infantil. A fase de dois a seis anos, é considerada de extrema importância, uma vez que nessa época a criança começa a desenvolver sua independência e criar hábitos alimentares. É na escola que a criança vai ter o primeiro contato com refeições fora de casa, fazendo com que ela seja exposta a alimentos que não faziam parte de suas refeições, até então.

É essencial que a escola é família participem juntos da educação alimentar das crianças, desenvolvendo nelas atitudes positivas com os alimentos, fazendo a criança entender a relação entre uma boa alimentação é a saúde.

Veja algumas dicas para conseguir fazer manter a alimentação das crianças saudáveis:

Horários para as refeições

É importante criar uma rotina alimentar, em que a criança tenha o hábito de fazer as refeições do café da manhã, almoço e jantar. Fazer as refeições em família irá melhorar o relacionamento, além de oferecer um exemplo de comportamento para as crianças.

Atitudes familiares

As crianças não aprendem apenas com suas experiências, mas também com o que observam. A família deve manter o cuidado para não criar um ambiente propício à alimentação excessiva, e um estilo de vida sedentário.

Cor e diversão

Ofereça as crianças pratos coloridos e servidos de maneiras divertidas, podendo fazer desenhos com a comida. Para tornar o momento da refeição mais divertido.

Cardápios variados

Misture alimentos que a criança gosta, com alguns que ainda não conhece, assim suas aversão à comida será menor.

Realizar boas escolhas alimentares é um andamento gradativo, que possui consequências a curto e longo prazo para a saúde. Porém uma boa educação alimentar fará das crianças, adultos saudáveis.

Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria

 

Visão cansada atinge principalmente usuários de computador

Hoje em dia muitas atividades profissionais exigem a utilização do computador. Com isso é comum surgir algumas queixas como dores de cabeça, olhos cansados, secos e embaçados. Isso acontece pelo cansaço dos olhos, já que é necessário forçá-los para conseguir foco é enxergar as figuras de maneira bem definidas, pelos pixels, que formam as imagens.

O que pode agravar o problema

Ar-condicionado muito forte e luz inadequada podem influenciar diretamente nas alterações da película que fica sobre a córnea, a qual é responsável pela manutenção da umidade dos olhos, que é indispensável para uma boa visão. O que pode causar o ressecamento da superfície ocular, são o número de piscadas. Um portador da síndrome do olho seco pode ter o diagnóstico piorado pelo uso excessivo do computador.

A Síndrome da Visão de Computador, e uma característica da força de trabalho da atualidade. Os indícios de fadiga visual costumam aparecer em pessoas que ficam durante muito tempo jogando vídeo game é em pessoas que necessitam de óculos em ações que exijam de esforço visual, porém não utilizam. É recomendável piscar mais os olhos enquanto se assiste um filme no cinema, ou TV.

Recomendações para amenizar os efeitos:

  • diagnosticar as causas da Síndrome da Visão de Computador e suprimi-las do local de trabalho;
  • quem possui dor de cabeça ou desconforto visual, deve fazer pausas durante o período em que está utilizando o computador, podendo olhar para um ponto no horizonte que fique a uma distância de no mínimo 6 metros, uma vez que essa medida possibilita o relaxamento visual;
  • aqueles que possuem a Síndrome do Olho Seco não devem esquecer de utilizar lubrificantes no decorrer do dia;
  • também é necessário evitar ventiladores ou ar condicionado direto no rosto, enquanto se está no computador, pois isso resseca ainda mais os olhos.

Fonte: Minha Vida

 

Perigos do sol para a pele

A pele é o maior órgão do corpo humano, ela cobre e protege todo o organismo. Por isso ela precisa de muito cuidado, se não pode apresentar algumas adversidades, como ressecamento, queimaduras, alterações de cor, e até câncer de pele.

A exposição de sol em excesso é responsável pelas condições citadas acima. Para evitar tais problemas, é importante ficar atento aos perigos, e utilizar o filtro solar diariamente. Os raios ultravioletas entram no planeta de forma cada vez mais nociva para a pele, causando vermelhidão, queimaduras, envelhecimento precoce, e o câncer de pele.

Doenças causadas pelo sol

Existem algumas doenças que surgem com mais frequência durante o verão, e que agridem principalmente a pele. Combinando praia, areia, piscina com a pele são condições ideais para o surgimento de micoses, brotoejas, acnes, entre outras. Os cuidados com a pele no verão devem ser abundantes, utilizando outros meios, além do protetor solar.

Cuidados da pele

Como o corpo transpira muito por causa do calor, é essencial beber bastante água para hidratar a pele. É importante higienizar bem o rosto, é aplicar filtro solar, independente se vá ficar exposto ao sol. Antes de dormir higienize bem a pele novamente, e utilize hidratantes, principalmente com vitamina C.

Deve-se evitar se expor ao sol entre as 10 horas da manhã é 16 horas da tarde, pois são nesses horários que a radiação UVB está mais forte. Para evitar o envelhecimento precoce, que se dá pelo raios UVAS, e importante a utilização de protetor solar.

A pele deve ser higienizada e hidratada. Esfoliar a pele, e uma ação que fica banida, pois elas facilitam o surgimento de manchas.

Para saber quais produtos são indicados para o seu tipo de pele, e prevenir possíveis doenças, é importante consultar um dermatologista.

Fonte: Saúde Medicina

 

Insônia: veja algumas dicas que podem te ajudar a combatê-la

Dormir é um dos segredos para um vida longa e saudável. Porém, algumas pessoas não conseguem ter uma noite de sono. Isso se dá pela insônia, que decorre de problemas de saúde. Entre os problemas de saúde que podem causar insônia estão: transtorno de ansiedade, depressão, problemas neurológicos, apneia do sono, entre outros.

Mas ainda, além dos problemas de saúde, o que pode causar insônia são a falta de hábitos saudáveis antes de dormir. Como o excesso de exposição ao computador, alimentação pesada, situações de estresse. Segue algumas dicas para te ajudar a ter uma melhor noite de sono.

Eletrônicos no quarto

Os eletrônicos são estimulantes, e utilizar esses aparelhos pode aumentar o grau de excitação, prejudicando o sono. O ideal é uma hora antes de dormir se desconectar, e relaxar. Vale diminuir a intensidade da luz, ouvir músicas relaxantes, é até realizar uma leitura.

Bebidas

Ingerir chás calmantes como de camomila, erva doce, cidreira, podem contribuir para você dormir melhor, uma vez que esses chás ajudam a relaxar. Uma bebida que deve ser evitada são as bebidas alcoólicas. Mesmo que também seja relaxante, ele não melhora a qualidade do sono, ele pode até fazer com que você durma de forma irregular.

Atividades físicas

Quando o se realiza exercícios físicos o corpo fica quente, e isso atrapalha o sono. O ideal é evitar realizar exercícios durante a noite. Mas se esse é o único horário que você tem disponível, não deixe de praticar atividades, o melhor então, é deitar até três horas depois da atividade.

Seguindo essas dicas, você pode ter uma melhor noite de sono, mas vale consultar um especialista se continuar sofrendo insônia, para descobrir qual é a sua causa.

Fonte: Minha Vida

Como manter a pele saudável no inverno

No inverno a pele está sujeita a ressecamento, ela fica mais seca, pois com  a temperatura mais baixa o corpo transpira menos, além dos banhos que costumam ser mais quentes, o que reduz a oleosidade natural da pele. Para evitar que a pele sofra esse ressecamento, é importante hidratá-la, além de manter uma alimentação saudável, com vitaminas e antioxidantes. Veja como mater a pele saudável no inverno.

Alimentação saudável

O ideal para manter a pele e o corpo saudáveis é ingerir alimentos que sejam ricos em vitaminas e minerais, pois eles neutralizam os radicais livres o que previne o envelhecimento da pele. Um erro que muitas pessoas cometem, é diminuir o consumo de água durante o inverno. Manter o consumo ideal de água é muito importante para manter a pele e todo o organismo hidratados. Uma dica é tomar chás de frutas, ou claros.

Veja algumas dicas para manter a pele hidratada nessa estação

  • beba a quantidade indicada de água para seu organismo
  • evite banhos muito quentes
  • use hidratantes corporais depois do banho
  • se tiver pele oleosa, utilize loções hidratantes oil-free
  • utilize hidratantes labiais, já que os lábios costumam ressecar no inverno
  • não deixe de utilizar filtro solar

Com alguns cuidados diários você poderá manter sua pele jovem e saudável por muito tempo.

Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia

Higienização de alimentos

É fundamental a correta higienização de alimentos, a fim de manter uma alimentação mais saudável. Cuidar da higiene de frutas e verduras é um cuidado que deve ser sempre aplicado.

Os cuidados devem começar nos supermercados ou feiras, deve-se evitar os alimentos que apresentam um aspecto amassado e com partes escuras. E o cuidado em casa pode ser feito seguindo algumas dicas:

Lavar bem as mãos

Antes de começar a manusear os alimentos é imprescindível lavar bem as mãos, assim como os utensílios que serão utilizados.

Remover as partes “machucados”

Quando os alimentos estão “machucados” vale retirar essas partes que podem estar estragadas, antes de lavar o alimento.

Lavar o alimento em água corrente

Como as frutas e verduras normalmente ficam expostas ao ambiente, elas carregam microrganismos, que podem estar contaminados, e causar doenças, para evitar que você se contamine com o alimento, é importante lavá-lo em água corrente.

Colocando esses cuidados básicos na rotina da sua casa fica muito mais fácil evitar futuros problemas causados pela má higienização dos alimentos.

Fonte: Minha Vida

 

Perigos da automedicação

É comum muitas vezes as pessoas se medicarem por conta própria, por ser visto como uma solução rápida para o alívio de sintomas. Porém, a automedicação pode trazer graves consequências.

O uso de remédios de forma incorreta pode agravar os sintomas de uma doença. A  inadequada utilização pode camuflar alguns sintomas. Se o remédio for antibiótico deve-se ter a atenção redobrada. Seu uso abusivo possibilita o aumento de resistência de microrganismos, comprometendo a eficácia dos tratamentos.

Quando se combina inadequadamente remédios, um medicamento pode anular ou potencializar o efeito do outro. O uso de medicações de maneira errônea pode, ainda, trazer consequências como: reações alérgicas, dependência e até morte.

Uso irracional de medicamento

  • Uso abusivo de medicamentos
  • Prescrição em desacordo com as diretrizes clínicas
  • Automedicação inadequada

Em caso de emergência

Nos casos de emergência, muitas pessoas recorrem à automedicação, por ser mais rápido, muitas vezes o médico não se encontra disponível. E para essas situações existem alguns conselhos que podem ser seguidos, a fim de praticar uma automedicação responsável:

  • Ler atentamente o folheto informativo antes de utilizar qualquer medicamento
  • Verificar se a composição do medicamento não provoca nenhum tipo de interação com outros medicamentos que você esteja tomando
  • Se os sintomas persistirem, consulte seu médico ou farmacêutico
  • Verifique se o medicamento está dentro do prazo de validade
  • Não ultrapasse o período de tratamento
  • Em caso de surgir efeitos secundários adversos, consulte imediatamente seu médico
  • Guarde medicamentos em locais secos e fora do alcance de crianças.

Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia

 

Cuidados para evitar a gripe no inverno

Durante o inverno é comum os casos de gripe e resfriado aumentar. E uma das principais causas desse crescimento é porque as pessoas ficam aglomeradas em locais fechados, e sem ventilação, a fim de fugir das baixas temperaturas.

Veja alguns cuidados que você pode ter que irão te ajudar a evitar que você fique com alguma dessas doenças:

Higienize as mãos

Quando alguém tossir, espirrar, ou até assoar o nariz, as secreções podem ficar no ar, e em suas mãos, e quando tomar em corrimãos e maçanetas o vírus ficará no local. E caso alguma outra pessoa toque essa superfície contaminada e leve as mãos ao nariz, olho ou boca, será infectada. Por isso é importante lavar sempre bem as mãos. E embora seja mais prático, segundo Paulo Olzon, professor da Universidade Federal de São Paulo, o álcool gel não pode ser utilizado como um método de higiene, pois ele não desinfeta as mão completamente.

Lave as narinas com soro fisiológico

Com o nível baixo de umidade do ar no inverno a mucosa nasal sofre ressecamento. Esse ressecamento diminui a produção de secreção, e ela ajuda a barrar a entrada dos agentes infecciosos. Esse anticorpo é capaz de proteger o organismo de infecções virais e bacterianas. Utilizar o soro fisiológico para lavar as narinas duas vezes por dia já é suficiente.

Evite aglomerações

Locais com muitas pessoas favorecem a transmissão do vírus, e nesses ambientes entrar em contato com secreções de espirros e tosses contaminadas é mais fácil. Evitando locais fechados, como cinema ou ônibus, com muitas pessoas pode ajudar a evitar o contato com os vírus da gripe ou resfriado.

Fonte: Veja

 

 

Como evitar o surgimento de acne durante a TPM

Os problemas de pele e a TPM sempre andam lado a lado, e a principal causa disso são os hormônios. As alterações hormonais típicas do período menstrual afetam o corpo feminino com diversas mudanças, entre elas há a variação dos níveis de oleosidade da pele, o que causa obstrução dos poros e, assim, o surgimento de acnes.

E essa situação pode ser um incômodo. E ainda que pareça inevitável, existem alguns cuidados que ajudam a previnir o aparecimento de cravos e espinhas. Tente estabelecer uma rotina de cuidados com a pele, a fim de diminuir os efeitos de oleosidade nos dias da TPM.

Mantenha a pele limpa

Neste período pré-menstrual é normal que a pele esteja mais oleosa, e para isso ter o hábito de higienizar bem o rosto é algo fundamental. A higienização pode ser feita com água gelada e sabonete, mas, há alguns produtos específicos para esses casos. Lembre de consultar um dermatologista e ver qual tipo de produto é indicado para sua pele.

Consuma bastante água

Manter-se hidratada é fundamental para o controle de oleosidade, para isso, é muito importante beber água. Manter esse hábito além de melhorar a pele, vai ajudar sua saúde como um todo.

Tenha uma alimentação saudável

É importante que neste período seja evitado o consumo de alimentos muito gordurosos, como laticínios, açúcares e óleos. Prefira a ingestão de alimentos mais saudáveis como frutas e verduras. Uma alimentação balanceada é fundamental para ter uma pele bonita e saudável.

Adquirindo esses hábitos, você irá reduzir a oleosidade na sua pele, e ainda, diminuirá a chance de surgirem espinhas. Consulte um dermatologista e saiba quais produtos você pode utilizar para otimizar seus hábitos, sem agredir sua pele.

Fonte: Buscofem

 

Hidratação: três motivos para você beber a quantidade certa de água

A água é essencial para a nossa vida. Sendo fundamental para processos fisiológicos de digestão, transporte de nutrientes entre as células, absorção e excreção, regularização da temperatura do corpo, sem contar do importante papel que desempenha no sistema circulatório. Para isso é importante manter a hidratação do corpo, veja três motivos para você beber água:

Funcionamento intestinal

A água que ingerimos é rapidamente absorvida no estômago e intestino delgado, ajudando na hidratação e amolecimento das fezes. Promovendo assim a regularização do funcionamento intestinal.

Melhora a qualidade da pele

A ingestão de água ajuda na manutenção da elasticidade, da hidratação e do tônus da pele. Ainda, melhora a circulação sanguínea, e ajuda a previnir o envelhecimento precoce.

Estimula o sistema imunológico

A defesa do organismo contra microorganismos que entram através do sistema respiratório e gastrintestinal é realizado por anticorpos, em sua maioria pelas imunoglobulinas tipo A (lgA), as quais se encontram, principalmente, na saliva. Beber bastante água vai garantir um nível equilibrado de secreção salivar, assim, impedindo reduções drásticas nos níveis de lgA.

Consumir água é muito importante para o funcionamento do organismo, e cada um possui a quantidade ideal para o seu. Consulte um nutricionista e saiba o quanto de água é saudável para você.

Fonte: Globo.Com