Problemas intestinais

Os problemas intestinais atingem uma grande parcela da população. Muitas pessoas sofrem com a Síndrome do Intestino Irritável, que é um desconforto intestinal caracterizado por prisão de ventre ou diarréia e dores abdominais causadas por cólicas e gases.

Também conhecida como intestino irritado, esse síndrome é uma das principais desordens digestivas no mundo. Ela pode afetar pessoas de qualquer faixa etária. Encontrada com mais frequência em pessoas entre 20 e 40 anos, é em sua maioria em mulheres.

Combatendo os problemas intestinais

Uma digestão difícil, em sua maioria, é resultado da má escolha dos alimentos. Logo, é importante ter uma alimentação balanceada. Atitudes como baixa ingestão de água e alimentos ricos em fibras acaba atrasando o funcionamento do intestino, o que causa desconfortos como o inchaço é uma pele marcada por acne, que é causado pelo excesso de toxinas no organismo.

Veja algumas dicas que poderão te ajudar a manter o bom funcionamento do seu intestino.

Água

A água ajuda na digestão dos alimentos, pois ela impede o ressecamento das fezes, que é um problema comum em pessoas que demoram para ir ao banheiro. Ingerir dois litros de água por dia ajudam a manter um bom funcionamento do organismo.

Alimentos integrais

Uma porção de alimentos integrais como arroz, trigo, milho, aveia, granola, entre outros, por dia também poderá trazer bons resultados para o funcionamento do seu intestino, por ser alimentos ricos em fibras.

Alimentos crus

Consumir verduras e legumes crus, além das vitaminas, gera muitas fibras para o seu organismo. É importante lembrar de mastigar bem.

Essas são apenas algumas dicas que você pode acrescentar no seu dia-a-dia. É importante frisar, que se os problemas forem mais graves é essencial o acompanhamento de um profissional. Apenas um especialista irá encontrar a solução ideal para o seu problema intestinal.

Fonte: Minha Vida

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *